Terça, 26 de Setembro de 2017
Estudante de moda cria peças e produtos com conceito sustentável Postado em: 21 jul 2016

sus1 sus3

Materiais foram apresentados em seu Trabalho de Conclusão de Curso

 A acadêmica do curso de Tecnologia em Desing de Moda Senai/Unesc, Morgana de Sá, inovou ao desenvolver seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Com conceito sustentável, a estudante produziu dois ponchos e duas poltronas através da reutilização de resíduos e objetos.Nas peças foram utilizados resíduos que seriam descartados. Já os objetos saíram do lixo e ganharam outra utilidade, um pneu e uma poltrona quebrada foram resgatados pela estudante. A composição das peças e dos objetos foi um processo demorado, segundo a aluna. Desde o seu desenho, tecelagem, desmanche de tecido foram aproximadamente dois meses de produção.“A intenção era valorizar o lixo que era potencialmente útil, os transformando em produtos com conceito de sustentabilidade”, explica Morgana. De acordo com a coordenadora do curso, Charlene Vicente Amâncio, a estudante não pensou só no vestuário em seu trabalho, mas em outros objetos que pudessem agregar ao vestuário.

“Não é uma obrigação da formação da aluna pensar no produto, pois nossa formação é voltada ao vestuário, mas ela se preocupou e pensou em alternativas que pudessem ser desenvolvidas”, comenta.

A professora e orientadora da estudante, Vilma Marta Caleff, destaca que nos resíduos da malharia, segmento trabalhado por Morgana, existem várias formas de reaproveitamento. “Tem o retalho que você pode desmanchar o fio, que foi o caso dos ponchos. Já nos objetos ela reaproveitou os retalhos. Então a malharia nos dá várias opções de reaproveitamento, que o tecido plano não dá”, salienta.

Ainda conforme a professora, dentro da cadeia da moda, a sustentabilidade é uma questão que precisa ser mais trabalhada. “Se pensarmos no clico todo não temos como produzir uma peça totalmente sustentável, mas pensamos em alternativas que se possa minimizar os impactos no ambiente”, frisa.

Na avaliação de Charlene, existe uma preocupação em relação à consciência sustentável, mas poucas ações são desenvolvidas. “Por isso desde as primeiras fases do curso começamos a trabalhar com projetos que venham ao encontro da sustentabilidade. Assim o aluno desenvolve essa habilidade e passa a aplicar nos seus trabalhos este conceito sustentável”, conclui.

Fonte: Engeplus